Agronegócio

Milho Recuaram

Milho: Colheita da segunda safra avança e enfraquece preços
As cotações do milho recuaram na maior parte das praças acompanhadas pelo Cepea, devido ao início da colheita da segunda safra. De modo geral, compradores se afastam das negociações envolvendo grandes lotes, à espera de recuos mais intensos.   Na região consumidora de Campinas (SP), de 22 a 29 de maio, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa recuou 0,59%, fechando a R$ 50,19/saca de 60 kg nessa sexta-feira, 29. Segundo pesquisadores do Cepea, neste caso, compradores com maior necessidade de abastecer estoques acabam cedendo nas negociações, limitando a baixa nos preços. 

Hoje, às 10h 06min

Ovos Comerciais

Ovos: Menor demanda no fim de maio acentua desvalorização
O enfraquecimento da demanda por ovos, devido ao período de final de mês, pressionou as cotações dos ovos comerciais, de acordo com dados do Cepea. A dificuldade em escoar a produção tem levado avicultores a negociar suas cargas a preços mais baixos na maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea. Por outro lado, agentes do setor relatam que as desvalorizações têm sido limitadas pelas temperaturas mais baixas, que diminuem a produção de ovos e, consequentemente, o excedente nas granjas e distribuidoras, principalmente de ovos vermelhos, cuja produção é menor que a de brancos.

Hoje, às 09h 06min

Agrícolas Americanos

Soja: China pode ter determinado interrupção de compras nos EUA
Autoridades do governo chinês disseram às principais empresas agrícolas estatais para interromper a

Hoje, às 09h 06min

Produtos Biológicos

Aplicativo Bioinsumos ajuda produtor rural a controlar pragas e doenças
Os produtores rurais já podem consultar pelo celular uma lista de produtos de origem biológica indic

Ontem, às 11h 05min

Economia Aplicada

LEITE: Incertezas no mercado de derivados em abril pressionam cotações ao produtor
Depois de registrarem altas consecutivas de dezembro de 2019 a abril de 2020, os preços pagos ao pro

Ontem, às 11h 05min

Consultoria Safras

Arroba do boi teve maio atípico com preços em alta
O mercado físico de boi gordo teve um maio atípico, de acordo com a consultoria Safras. Os preços su

30/05/2020

Diário Oficial

Soja: Ministério da Agricultura publica zoneamento agrícola
O Ministério da Agricultura publicou nesta sexta-feira,  29, no Diário Oficial da União as portarias números 145 a 160 que estabelecem o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) para a cultura da soja. Segundo a pasta, o objetivo é reduzir os riscos relacionados a problemas climáticos e também o risco fitossanitário causado pela ferrugem asiática da soja. “O Zarc leva em conta recomendações de instituições de pesquisa e órgãos estaduais sobre medidas de manejo que incluem o período de vazio sanitário e o calendário de plantio para reduzir os riscos relacionados aos aspectos fitossanitários”, destaca. A principal novidade nas portarias de soja são as novas cultivares indicadas por

29/05/2020

Celso Oliveira

Clima no Brasil traz boas perspectivas para o trigo
As últimas pancadas de chuva no Rio Grande do Sul foram fundamentais para o andamento do plantio do trigo, segundo Celso Oliveira, meteorologista da Somar. “A umidade do solo atingiu índice de 80%”. No Paraná, a semeadura ainda está em fase inicial, com cerca de 7% dos 1.080 mil hectares previstos para a triticultura nesta temporada. Das lavouras já implantadas, 31% estão em condições consideradas médias e 69% em boas condições, segundo os dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Em São Paulo, as lavouras ainda estão em fase de implantação, mas as operações de plantio reduziram um pouco seu ritmo devido à espera por condições climáticas mais favoráveis. Em Minas Gerais,

29/05/2020

IBGE

Agropecuária é único setor da economia com crescimento na pandemia
A agropecuária apresentou crescimento de 0,6% no primeiro trimestre de 2020 em comparação ao quarto trimestre de 2019, conforme dados divulgados nesta sexta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre o Produto Interno Bruto (PIB) do país. O setor foi o único da atividade econômica nacional a crescer no período analisado. Em relação a igual período do ano anterior, no caso primeiro trimestre, a agropecuária teve crescimento de 1,9%. “Este resultado pode ser explicado, principalmente, pelo desempenho de alguns produtos da lavoura com safra relevante no primeiro trimestre, como a soja, e pela produtividade, visível na estimativa de variação da quantidade pro

29/05/2020

Interno Bruto

PIB do Brasil cai 1,5% no 1º trimestre; agro puxa resultado e sobe 0,6%
Afetado pela pandemia do novo coronavírus e pelo distanciamento social, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, que é a soma de todos os bens e serviços produzidos, caiu 1,5% no primeiro trimestre do ano na comparação com o último trimestre de 2019. Mais uma vez, a agropecuária se destaca com resultado positivo. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o setor apresentou alta de 0,6%. O PIB da indústria caiu 1,4% e o de serviços recuou 1,6%. Comparação com mesmo período de 2019 Já na comparação com o primeiro trimestre de 2019, o PIB do Brasil entre janeiro e março de 2020 caiu 0,3%. Neste caso, novamente a agropecuária de destaca, com alta de 1,9%, c

29/05/2020

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?