Associação denuncia furto de peças e trilhos da EFMM em Jaci-Paraná

Publicado 22/07/2021
A A

A porta da cadeia pública de Jaci-Paraná, construída com peças da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM), à época da construção da ferrovia, e alguns trilhos, foram furtados por criminosos, segundo informou a Associação Rondoniense de Preservação da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré.

De acordo com a Superintendência Municipal de Integração e Desenvolvimento Distrital, assim como todo o acervo da EFMM, a cadeia é patrimônio tombado pelo artigo 264 da Constituição do Estado de Rondônia.

O superintendente Vinicius Miguel convida a população a ter papel ativo na denúncia de furto de peças do acervo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré.

Segundo Vinicius Miguel, o Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, Sesdec, Superintendência do Patrimônio da União em Rondônia e iphan foram comunicados do crime pela Superintendência.

A Superintendência Distrital disponibiliza o contato 98473-3832, para que os habitantes de Jaci-Paraná, ou de qualquer outro distrito, entrem em contato caso tenham alguma informação que leve à identificação dos criminosos ou à recuperação das peças. A Superintendência garante o anonimato dos denunciantes.

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?