Esporte
Chateado, Ralf diz que foi tratado como 'qualquer um' pelo Corinthians
O jogador reclamou de ser tratado como "qualquer um" ao ser comunicado da dispensa pelo telefone

Por FOLHAPRESS
Publicado 22/02/2020
Atualizado 22/02/2020
A A
Foto: Yahoo Esportes

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Um mês depois de ser dispensado pelo Corinthians, o volante Ralf disse, em entrevista para o site Globoesporte.com, que ficou chateado com a forma com a qual deixou o clube.

Com diversos títulos conquistados, como a Copa Libertadores e o Mundial de Clubes, o jogador reclamou de ser tratado como "qualquer um" ao ser comunicado da dispensa pelo telefone.

"Desliguei e fiquei pensando. Chateado e pensando. Não me preparei, não me prepararam. Se me avisam antes, um mês antes...O treinador já estava há dois meses acertado com o clube e sabia com quem poderia contar. Podia me falar: 'Você não está nos planos'. Beleza. Mas assim? 'Amanhã você não vai se reapresentar'", disse.

"Não me deram oportunidade de nada, ele não me conhece. Mas respeito o treinador, a opinião dele. Não quer contar com o Ralf? Beleza. Mas eu tenho uma história no clube, não é assim. A gente entende a filosofia de trabalho, mas não era para me tratar como se eu fosse qualquer um", completou.

A diretoria do Corinthians alega que avisou em novembro um dos agentes de Ralf de que ele não estava nos planos do técnico Tiago Nunes. Ralf, porém, disse que foi pego de surpresa.

"Ele foi comunicado (um dos agentes), mas a mim diretamente não foi passado isso, me pegou de surpresa. O que falaram era que o treinador tinha a filosofia dele e que o Ralf não estava nos planos. Mas não foi falado para mim diretamente. Uma coisa é falar para o meu agente, mas o profissional sou eu", disse.

Ralf ainda disse que "gratidão não foi do jeito que esperava". Ainda sem clube, ele afirma que poderia jogar em clubes rivais do Corinthians como São Paulo, Palmeiras e Santos.

"Todo mundo sabe da minha gratidão pelo clube. O Corinthians é minha vida, mas hoje eu sou um profissional, estou aberto ao que aparecer, independentemente de ser rival ou não e do rótulo que tenho no Corinthians, só penso na minha carreira. Tenho tido consultas, estou aberto a tudo o que vier e não teria problema algum", afirmou.

Fonte: Notícias ao minuto

Copa Libertadores   Volante Ralf   UOL   Folhapress   Jogador Reclamou  

Mais em Esporte

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?