Programas executados pelo Governo de Rondônia beneficiam famílias com distribuição de alimentos
Foram recebidos e distribuídos 3.002 quilos, entre filé, posta e polpa de Pirarucu e Tambaqui.

Publicado 12/08/2020
A A

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), atende várias entidades socioassistenciais, incluindo abrigos que atendem idosos, refugiados, moradores de rua, crianças, pessoas usuários de psicotrópicos, grupos de famílias em vulnerabilidade alimentar e nutricional, entre outros, com a entrega de produtos adquiridos da agricultura familiar pelos programas de Aquisição de Alimentos Federal e Estadual (PAA Rondônia). A ação é coordenada pela Coordenadoria da Agricultura Familiar da Seagri (Cafamiliar).

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS Cotinha), localizado na zona sul de Porto Velho, simultaneamente, recebeu e distribuiu, através do PAA Rondônia, 3.002 quilos, entre filé, posta e polpa de Pirarucu e Tambaqui, no valor de R$ 77 mil, às pessoas cadastradas.

Para Marinilde Helena, diante da pandemia do novo coronavírus e a diminuição de emprego e renda, o PAA tornou-se uma fonte nutricional muito importante para várias famílias. “Nesse momento de pandemia o governo estadual está cumprindo com o seu dever social e nutricional: atendendo a população de risco, demostrando preocupação e responsabilidade com a geração de emprego e renda da população de terreiros”, ressaltou Marinilde.

O atendimento aos grupos afro religiosos é um marco inicial em Rondônia, pois os mesmos não estavam inseridos em nenhum programa pertinente a alimentos no Estado e, segundo a Federação de Cultos Afroreligiosos Umbanda e Amerindios do Estado de Rondônia (Fecauber).

Os produtos entregues são de acordo com o cardápio regional como peixes, verduras, legumes, frutas, produtos de panificação (bolos, pães e biscoito) e derivados de leite.

Os alimentos são fornecidos ao PAA, através de cadastros de cooperativas, associações e produtores individuais, sempre priorizando a população indígena, quilombolas, associação de mulheres rurais, ribeirinhos e assentados da reforma agrária. As entregas são realizadas semanalmente, obedecendo a lei vigente da pandemia e seguindo todo o protocolo de segurança.

Segundo o secretário da Seagri, Evandro Padovani, o PAA Rondônia auxilia milhares de famílias carentes no Estado. “O PAA Rondônia possui duas finalidades básicas: incentivar a agricultura familiar em nosso Estado e promover o acesso à alimentação a quem necessita”, relatou.

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?