Nova Brasilândia d'Oeste
Filha reencontra a mãe biológica após 42 anos separadas
"Sulamita foi separada da mãe ainda bebê"

Por Fábio Rodrigues
Publicado 13/02/2020
Atualizado 14/02/2020
A A
Foto: Redes Sociais

No dia 31 de dezembro de 2019, a dona Sulamita Rodrigues de Souza, nascida no dia 15 de maio de 1977, na cidade de Cacoal e moradora da cidade de Marabá no Estado do Pará, nos procurou com o desejo no coração de reencontrar a sua mãe biológica.

Dona Sulamita é uma das milhares de pessoas, que, por razões diversas, foram afastadas dos pais biológicos ainda crianças e depois de adultos, procuram por eles. Ontem, por volta das 21h00 da noite, Sulamita entrou em contato muito emocionada com a nossa redação para informar que havia encontrado a sua mãe.

Segundo a dona Sulamita, na terça-feira, o seu irmão entrou em contato com ela por meio do aplicativo WhatsApp após ver a matéria no site. E, depois de conversarem muito pelo aplicativo, o rapaz disse a Sulamita que a mãe deles vive na linha 1 dos Góis, na zona rural de Cacoal.

Agora, os três estão marcando um encontro para matar a saudade, afinal, são 42 anos sem se ver.

Sulamita ainda não sabe se vem para Cacoal ou eles irão para Marabá-PA.

Nós do site Brasilândia Notícias, ficamos muito feliz em poder ajudar no reencontro dessa família, pois esse é um dos propósito dos jornalistas e dos veículos de comunicação.

Fonte: Brasilândia Notícias

Felizes   Sulamita Rodrigues   Dona Sulamita   Mãe Biológica   cidade   Souza   Pará   Marabá  

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.