Nova Brasilândia d'Oeste
Nova Brasilândia: Vaidade masculina tem um limite?

Por Fábio Rodrigues
Publicado 14/02/2020
Atualizado 14/02/2020
A A
Foto: Fábio Rodrigues / Brasilândia Notícias

As mulheres sempre se preocuparam mais com a estética e com a saúde, mas os tempos mudaram. E, agora os homens, principalmente os mais jovens vêm frequentando mais os salões de beleza.

Segundo a cabeleireira unissex, Cristiane Aparecida Felipe de Alcantra, de Nova Brasilândia (RO), a qual tem mais de dez anos como profissional na área, o número de clientes masculinos aumentaram muito na empresa dela nos últimos cinco anos.

De acordo com Cristiane Aparecida, os homens fazem alisamentos, luzes, depilação, sobrancelhas e barbas de henna ( micropigmentação ), esses procedimentos eram procurados antigamente apenas por mulheres.

Para Cristiane, isso é ótimo, pois não é só uma questão de estética, há também o quesito saúde e higiene pessoal. Além disso, ela acaba faturando mais com a nova tendência masculina.

Foto: Fábio Rodrigues / Brasilândia Notícias

Fonte: Brasilândia Notícias

Moda & Estética   Tempos Mudaram   Cristiane Aparecida   Preocuparam   Tempos   Homens   mulheres  

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?